domingo, 21 de outubro de 2007

PARA COMEÇAR UM POEMA

(ernesto che guevara)


PORTO, 2007.10.20


A VIDA E A FÉ

Hoje estou com pouca fé ... talvez mesmo nada!
Há dias assim. Dizemos cá para nós... hoje não.
Vejo no mundo a desconfiança que não me agrada
E não vejo ninguém com essa preocupação....

De perceber as coisas e tentar ensinar sobre
Tudo aquilo que eventualmente esteja mal ...
E saber o que pensa disto o camarada pobre
Que, lá no fundo, é o que percebe disto, afinal...

O panorama internacional é miserável e triste...
Vejo-os à porrada uns aos outros e ninguém desiste
De parar com essa doideira de tão pouco agrado...

È o ambiente cada vez mais ao contrário do correcto
É trocar tudo dizendo ângulo agudo quando ele é recto
E é esta a nossa triste sina é este o nosso triste fado....

João Brito Sousa

Sem comentários:

Publicar um comentário