sexta-feira, 26 de outubro de 2007

CIDADE DE OLHÃO


EU GOSTO DE OLHÃO


OLHÃO é futebol e futebol em Olhão é CASSIANO.

Venho do lado das hortas para falar de Olhão. A minha terra é “Os Braciais”, que fica antes de chegar ao Patacão para quem vai de Mar e Guerra, a terra do senhor Manuel Garrocho, do caiador Manuel Piedade e do João Patuleia, o homem mais rico da terra pelos amigos que tem.

Nos Braciais produzimos as batatas e os tomates, as cebolas, as couves e demais verduras para acompanhar as boas sardinhas de Olhão que se comem naqueles restaurantes ao pé da praça.
.
Olhão é porto de pesca de bom peixe, e é Arcanjo, Parra, Poeira e Nuno, Grazina, Abraão e Loulé, Tamanqueiro, Abreu e Delfim.. . e Manuel Gancho.

Olhão é simpatia e aquela linha avançada formada pelo Manuel da Costa, Joaquim Paulo, Cabrita, Salvador e Eminêncio..

Uma vez no estádio de S. Luís em Faro, num jogo para a Taça de Portugal, jogava-se o SPORTING CLUBE FARENSE contra o SPORTING CLUBE DE PORTUGAL..Ás tantas, um cavalheiro atrás de mim ia tecendo alguns comentários e dizia: No meu tempo, era Pai contra Filho eu e o Zé Águas. E ele não levava a melhor.

Esse cavalheiro era o Grazina que jogava a back centro no Olhanense.

Grazina era o maior. Tinha tudo; COLOCAÇÃO NO TERRENO, VISÃO DE JOGO, PASSE, PODER DE ELEVAÇÃO ... tudo...tudo....

João Brito Sousa

Sem comentários:

Publicar um comentário