quarta-feira, 19 de dezembro de 2007

POEMA

(janela da Igreja Matriz em Ponta Delgada)


Porto, 2007.12.19

LEMBRANÇA DOS AÇORES


São nove ilhas tão perto... e tão longe...daqui...
Que tanta vontade tenho em nas voltar a visitar.!..
Recordo tua cor e luz quando me cheguei a ti....
E tenho saudades de voltar a ver o teu luar.!.

Porque nos agarras tanto e tanto nos prendes?..
E me fazes pensar que além deste há outro mundo?..
Continuas com o ar senhorial com que te defendes.
De seres mais que umas ilhas nesse mar profundo..

Tu tens muito para nos dar Açores.. e para contar!..
Mas para mim... toda a interrogação está nesse mar
Que te envolve, te rodeia e te beija e te abraça...

Quero perceber a tua relação com o mar e as Lagoas
E depois como te chegaram essas coisas boas..
Para te dizer se sempre vou aí ou não assentar praça....

João Brito Sousa

Sem comentários:

Publicar um comentário