quinta-feira, 13 de setembro de 2007

UM CONVITE PARA VISITAR FARO


Venho convidá-lo para visitar Faro.

Disponibilize um espaçozinho no seu dia de hoje e venha até à cidade. Convide um casal amigo e venha. Faça um dia diferente... venha ver. Converse... dialogue... viva.

Arrume a viatura onde puder, entre pelo Arco da Vila, suba pela rua do Município, tire umas fotografias às cegonhas que têm o ninho no topo do Arco e normalmente estão lá, faça como os camones ... dispare pelo melhor ângulo a sua máquina. E continue a subir até chegar ao Largo da Sé. Poderá até já ter estado aí umas cem vezes, mas pense que é a primeira. Vai ver que se sente mais jovem. E entre na Igreja da Sé

Admire... e fique a saber que:

A Igreja Matriz de Santa Maria, situada na Vila-Adentro, no Largo da Sé, foi mandada construir após a reconquista cristã em 1251, pelo Arcebispo de Braga, D. João Viegas, que para isso enviou os dominicanos Frei Paio e Frei Pedro. Posteriormente esta Igreja, foi entregue à Ordem militar de São Tiago, que promoveu diversas campanhas de obras, sendo as duas capelas góticas e o primeiro piso da torre fronteira à fachada principal, vestígios do século XV.

Em 1577 tornou-se sede do assento episcopal, tendo o Bispo e o Cabido vindo de Silves. As tropas inglesas do conde de Essex saquearam e incendiaram a cidade em 1596, arruinando gravemente o templo.

As colunas foram reconstruídas e os respectivos arcos, de acordo com o formulário da arquitectura chã, tendo-se mantido diversas capelas, que foram remodeladas nos séculos XVII e XVIII.

Os terramotos de 1722 e 1755 motivaram igualmente algumas importantes campanhas de obras.

Os Bispos e o Cabido, por um lado, as Confrarias do Santíssimo das Almas e de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, por outro, promoveram a ornamentação das suas próprias capelas.

No interior da Sé de Faro, pode ser apreciado um dos melhores conjuntos de talha e imaginária algarvia.

Gostou?....
Da próxima vamos até ao Paço Episcopal..

Promova a sua cidade.

Visite-a.

João Brito Sousa

Sem comentários:

Publicar um comentário