quarta-feira, 21 de maio de 2008

ABRAÇO PARA UM AMIGO


VAI HAVER BRAÇOS.

(Para o Diogo Tarreta, que me perguntou, então ...temos braços .. ou não?...)


Como eu te admiro ó camarada...
A tua preocupação comigo.. o teu gesto
Dá-me conforto, sabias....
Era bom que fosse assim todos os dias
Podias não dizer nada
Que eu não te tirava o valor
Ó velho amigo ....

E vai haver braços
Haja ou não haja cansaços

Vais ver ....
Abraços ... tem de ser.

JOÃO BRITO SOUSA

Sem comentários:

Publicar um comentário