quinta-feira, 28 de abril de 2011

OPINIÃO

BENFICA / BRAGA

É preciso jogar bem para o Benfica ganhar. Se o JORGE DE JESUS conseguir meter na cabeça dos jogadores que têm condições para ganhar, o Benfica pode ganhar.

O Domingos jogou uma cartada muito bem jogada; disse que há 14 jogos que o Benfica sofre golos.

Concordo com Roberto à baliza.

Exijo postura de dirigentes, jogadores e público.

Que seja um bom jogo e que ganhe o melhor

JBS


COMENTÁRIO

Foi um bom jogo. As equipas equivaleram-se. Mas o S Braga podia ter ganho. Os treinadores estavam nervosos. Sobretudo Domingos.

Vamos ver. Nada está decidido. O Domingos não está a ser sério. Sílvio estava fora de jogo, sim. Domingos se tinha dúvidas que se certificasse disso. Não tem que ter dúvidas. Os comentadores Ribeiro Cristóvão e David Borges já começaram a elogiar o Braga e o FCPorto e a desacreditar o Benfica. Vai ser difícil sim, mas não queiram já arrredar o Benfcia que tem muitos simpatizantes em Braga.

HONESTIDADE PRECISA-SE.




Na conferência de imprensa Domingos começou a ganhar o jogo da segunda mão.


Meia hora passada ainda o Ribero Cristóvão se atira ao Benfica e vem com a mesma lenga lenga do Domingos, que o Benfica tem nternacionais portugueses e argentinos e o Braga não tem. Não admito isso a estas suposta sautoridades na matéria. O Benfica foi campeão europeu com Cruz, Mário João, Serra, Saraiva, Neto que não eram interacionais. Caceteiros talvez. Estes comentadores deveriam explicar a quebra anímica dos jogadores, porque é que o FCPorto está em alta (é bem visível) mas vão pelo lado mais fácil revelando em minha opinião, valente ignorância. O futebol estuda-se meus caros. Hoje, a intensidade do treino é igual aos que têm argentinos , os sistemas tacticos os treinadores sabem, se fosse como estes tipos dizem, a Naval nunca tinha ido ganhar a Guimarães. Neste jogo o Braga é o que tem menos a perder está em melhor vantagem. Até porque o Domingos é porista antes de ser braga. O futebol é um desporto praticado por pessoas que têm quebras. Se bem que haja quem nunca as tenha, o que parece inexplicavel mas não é.

Sem comentários:

Publicar um comentário