terça-feira, 7 de dezembro de 2010

ANOS 50; EMIGRAÇÃO

POESIA DE AMÉRICO RAMOS


VIAGEM PORTUGAL / PARIS


8 horas de táxi em Portugal, 11 horas de camião fechado em França, toda a Espanha foi percorrida a pé, gastei dois pares de sapatos e todo o dinheirinho que tinha.


FERIDA ABERTA


Esqueceu-me de esquecer
Minha maior aventura
Imagem duma tortura
Que verei até morrer
Viagem suicida…através
De horizontes sem fim
Quilómetros, léguas assim
Contaram meus pobres pés
Costa do sul fui a Nordeste
Como quem foge da peste,
Procurei um mundo humano
Escolhendo a vida à morte
A dar sorte a um tirano


AR

colocado por
JBS

Sem comentários:

Publicar um comentário